Blog do Victão

Um Cruzeiro que entendeu como jogar a Série B. Assim foi a vitória de virada sobre o Vasco

Matheus Barbosa foi o grande nome do jogo, com dois gols (Agência i7/Mineirão)

Não foi uma atuação primorosa. Não foi um jogo que vai entrar para a história do clube. Mas foi uma partida que o Cruzeiro deixou tudo em campo. Foi assim que a Raposa bateu o Vasco, por 2 a 1, de virada, no Mineirão, pela 6ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. O time estrelado jogou a competição como se deve jogar.

Por se tratar de uma disputa com menos dinheiro do que a Série A, por exemplo, os participantes abusam muito da força física. Já que falta técnica, vai na força. Em muitos momentos na Série B, na edição passada e também na atual, o Cruzeiro parecia desconectado da realidade que vive. A tradição do clube e o histórico de times talentosos não vai acabar, mas é necessário se adequar ao momento.

Foi o que time de Mozart fez diante do Vasco. O Cruzeiro marcou muito. O time carioca até conseguiu abrir o placar, mas praticamente ficou nisso na primeira etapa. Além do gol, mais dois arremates de fora da área, depois dos 40 minutos e quando a Raposa já vencia por 2 a 1.

Pelo fato de brigar por cada bola que a Raposa virou o placar. Bruno José, que não desiste de nenhuma jogada sequer, foi quem desarmou o adversário e iniciou a jogada que terminou com o golaço de Matheus Barbosa. O volante foi o melhor jogador em campo. Não só pelos dois gols, mas também por marcar muito, por chegar junto em cada dividida. E assim tem que ser o Cruzeiro. Se falta técnica, não pode faltar transpiração.

No fim, uma pressão até esperada do Vasco. Mas quase nenhum sofrimento diante do que o cruzeirense passou pelos últimos meses. Uma vitória que mescla alívio com alegria. E até certa forma tranquila, como o torcedor celeste não via há um bom tempo dentro do Mineirão.

O desafio agora é manter essa pegada, que não seja algo apenas por se tratar de um clássico nacional. Neste domingo o Cruzeiro tem o CSA pela frente. Só jogar futebol não será suficiente. A Raposa, mais uma vez, terá de lutar por cada palmo do gramado. Se igualar na vontade, será possível voltar de Alagoas com o resultado positivo.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Categorias:
Opinião

All Comments

Subscribe
Notify of
guest
1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
disqus_X8eE6QrUPU

Vitória importantíssima, e vamos com fé! Cruzeiro rumo a série A!