Blog do Victão

Rabello não fez pênalti em Bauermann. Imagens usadas pelo VAR devem ser divulgadas na hora

Alê foi quem derrubou Eduardo Bauermann (Divulgação/FMF)

Felipe Fernandes de Lima não errou. Emerson Almeida Ferreira também não errou. Igor Rabello não cometeu pênalti em Eduardo Bauermann, no lance mais polêmico da final do Campeonato Mineiro. Foi Alê quem derrubou o companheiro de clubeo.

Mas eu errei. Pelas imagens disponibilizadas durante a partida eu achei que foi pênalti no defensor do Atlético.

Mas não foi. Felipe Fernandes viu dentro de gramado que não foi e relatou o que tinha visto ao Emerson Ferreira, que estava no VAR. Da cabine o árbitro constatou que o juiz de campo não errou. Mas Emerson contou com o suporte de algumas câmeras que não estavam disponíveis ao público.

Outro erro. A equipe do VAR contava com 17 câmeras à disposição, para não deixar escapar nenhum detalhe. Mas a partir do momento que uma dessas imagens foi utilizada num lance crucial, as mesmas devem ser disponibilizadas imediatamente ao público.

Na Inglaterra, por exemplo, as imagens do VAR passam ao mesmo tempo no telão do estádio. Não fica dúvidas para o público presente e por quem acompanha pela televisão.

Não se trata de uma crítica à Federação Mineira de Futebol (FMF). Muito pelo contrário. A entidade disponibilizou os vídeos dos lances polêmicos da final do Campeonato Mineiro. Quase 48 horas depois do término da partida. Fica um pedido para que isso aconteça de maneira mais rápida.

Se as imagens liberadas nesta segunda-feira já estivessem à disposição do público no sábado, não existiria polêmica. Espero que o vizinho de Felipe Fernandes de Lima também admita que errou e peça desculpas ao árbitro.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.