Blog do Victão

Parece que os jogadores do Atlético queriam ver Bayern x PSG. Péssima atuação antes do clássico

Hulk jogou apenas 45 minutos contra o Pouso Alegre (Pedro Souza/Atlético)

A bola rolou às 16h. Em Belo Horizonte, para Atlético x Pouso Alegre. Em Munique, para Bayern x PSG. Uma crueldade para quem gosta de futebol e estava envolvido com a partida válida pela 8ª rodada do Campeonato Mineiro. Meu caso, por exemplo. E também dos jogadores atleticanos.

Uma atuação ruim. O Atlético jogou muito mal diante do Pouso Alegre. Apesar de ter pela frente o terceiro colocado do Estadual, o Galo não precisou fazer muita força para vencer. Cuca se deu ao luxo de poupar titulares. Alguns nem foram relacionados e, é possível, que dividiram a atenção entre o jogo do Mineirão e o confronto pelas quartas de final da Liga dos Campeões.

Já outros titulares atuaram por apenas 45 minutos. Esses puderam assistir ao segundo tempo do duelo entre Bayern x PSG. Pelo menos isso.

Talvez seja uma das explicações para um jogo tão ruim.

Enquanto o confronto na Alemanha seguia quente, apesar do frio em Munique, o jogo em Belo Horizonte não foi nem morno. Tudo bem que o Pouso Alegre até teve uma chance de abrir o placar, após cobrança de escanteio, mas em nenhum momento a equipe do Sul de Minas pareceu ser capaz de superar o Atlético.

O Galo venceu por 1 a 0. Jogando muito mal, numa partida muito ruim. Enquanto do outro lado do Atlântico… Mas são os ossos do ofício. O duelo da volta eu vou poder assistir.

A outra explicação pode ser o clássico

Um Atlético que já pensa no Cruzeiro. Desde o fim de outro clássico, com o América, o foco alvinegro é no rival celeste. É no compromisso do domingo (11). A torcida marcou essa partida no calendário desde o ano passado, quando foi divulgada a tabela do Mineiro.

A diferença técnica entre Galo e Raposa é evidente, por isso o atleticano aguarda uma grande vitória sobre o Cruzeiro. Mas o futebol não funciona assim. O fato é que o time alvinegro vai ter de fazer sua melhor partida em 2021 para evitar cobranças. A bola que apresentou até agora é muito pobre.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.