Blog do Victão

O efeito Luxemburgo passou e o Cruzeiro parece o mesmo da época do Mozart. Isso é preocupante

Luxemburgo observa o Cruzeiro no empate com o Vila Nova-GO (Gustavo Aleixo/Cruzeiro)

Na próxima rodada o técnico Vanderlei Luxemburgo vai completar um turno de Cruzeiro. A chegada do treinador, em agosto, trouxe esperança para a torcida. O time mudou a postura em campo, aumentou a média de pontos conquistados e até sonhou com o acesso. Mas isso já ficou no passado. O Cruzeiro que empatou com o Vila Nova-GO, em 1 a 1, nesta terça-feira, no Independência, mais parecia o time de Mozart.

E isso é um tanto preocupante para o cruzeirense, que neste momento olha para a classificação da Série B, olha para a sequência de jogos e olha para o aproveitamento recente da equipe. Para um torcedor que desde 2019 vem acumulando frustrações, é mais do que normal temer a queda para a Série C. Basta lembrar de como foi o rebaixamento para a Série B. A Raposa precisava de apenas quatro pontos nas cinco rodadas finais, mas não conseguiu. Perdeu os últimos cinco jogos e caiu.

Portanto, está aí o motivo de tamanha preocupação do cruzeirense. Por mais que os números ainda mostrem que a situação do Cruzeiro não seja tão complicada (analisando a luta contra o rebaixamento), o torcedor está machucado pelas últimas temporadas. O time estrelado tem se especializado em falhar, em decepcionar.

Some a tudo isso a queda de desempenho em campo. O que já não era tão bom voltou a ficar ruim. Se até alguns dias atrás a possibilidade de rebaixamento estava abaixo de 2%, agora ela subiu. Já passou de 7% e pode até aumentar de acordo com os demais resultados da rodada. A luz amarela acendeu na Toca da Raposa. Que a resposta seja rápida, seja na sexta-feira, contra o Londrina. Basta uma vitória para ficar livre de vez de qualquer risco.

Linha de corte subiu e Cruzeiro perdeu aproveitamento

Os números mostram muito sobre o futebol. É através deles que se pode analisar uma partida, um momento da equipe e até mesmo o que vai acontecer nas competições. Foi baseado nos números que passei tratar a possibilidade de queda do Cruzeiro à Série C como mínima. Tanto que fui contra o meu amigo Marco Soalheiro (@Marco Soalheiro), que manteve o discurso de que a briga contra o rebaixamento não havia acabado. E realmente não acabou. Dou minha mão à palmatória, o Marco estava certo.

Afinal o futebol é dinâmico. Ele muda muito rápido e com ele também mudam os números. É o caso da luta do Cruzeiro contra o rebaixamento. A linha de corte subiu nas últimas rodadas e, ao mesmo tempo, o aproveitamento celeste caiu.

Na 29ª rodada, após o triunfo por 3 a 0 sobre o Coritiba, a projeção do Cruzeiro era de 50 pontos. Mas, sem vencer desde então, com duas derrotas e dois empates, a Raposa viu sua projeção cair para 46 pontos. Enquanto o desempenho do Londrina subiu. Também na 29ª rodada a projeção da equipe paranaense era de 39 pontos. Agora está em 41.

A distância ainda é grande. Será preciso uma combinação entre bom aproveitamento de quem está lá embaixo e uma queda ainda mais brusca na pontuação do Cruzeiro para a equipe celeste entrar na zona do rebaixamento. Mas depois de tudo que o cruzeirense viveu nos últimos anos, é melhor não duvidar.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

All Comments

Subscribe
Notify of
guest
8 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Alex Schirm

O pôfexo Rolando Lero W Luxemburgo, tomando dinheiro dos incautos, não vejo solução a curto prazo para essa situação Mariana

Carlos quindim

O Luxa é muito esperto e ele só quer a grana do Cruzeiro já que estava desempregado e rejeitado por outros times, é bananeira que já deu cacho!
Se rever as entrevistas do Luxemburro verá o tanto que o mesmo lerolerizou durante todo o tempo no Cruzeiro na série B! Basta lembrar uma de que garantia que o Cruzeiro ganharia 10 jogos e já sabia até quais times seriam e ficou só na conversa fiada mesmo!
O Mozart, O Conceição e o Enderson se deram bem em sair do Cruzeiro visto que todos eles estão bem melhor do que o Luxa Pofexô!

Wanderley Almeida

RAPAZ SE TEM UMA COISA QUE O PROFEXÔ NÃO PRECISA É DE GRANA. O CARA TÁ PODRE DE RICO

MARCELO

Ricos nunca deixam de ganhar dinheiro, por isso são ricos, pobre é que tem essa mentalidade que já tem muito e não precisa mais, é já pode gastar e curtir a vida. Rico ganha dinheiro até na véspera da morte

Leonel Borges de

Concordo contigo em gênero, número e grau.

Tulio

Qual e o seu convívio para afirmar que o Wanderley esta no Cruzeiro pelo amor ao clube não pelo que recebe? Goleiro bom esta difícil o Fabio ja deveria ter se aposentado , parece um peneira enferrujada passa tudo

jose fernando durães saraiva

Não e caso de duvidar ou não a maior probabilidade é um novo empate na proxima rodada, contra o Londrina. O time está em queda. A moral dos jogadores no chão. O problema agora é emocional.

Tulio

.Wanderlei nao tem mais repertorio e um enganador, mais o mais preocupante e este Presidente do Cruzeiro uma verdadeira interrogação.de onde saiu este” encosto”