Blog do Victão

O Cruzeiro respira aliviado depois da penitência. Mas a vitória não pode esconder a realidade

Cruzeiro venceu o Londrina e praticamente se livrou do rebaixamento (Ricardo Chicarelli/Londrina EC)

O cruzeirense dormiu mal durante quase uma semana. Não foram raros os momentos em que o torcedor ou a torcedora celeste perdiam a concentração, fosse no trabalhe, nos estudos ou no que estivesse fazendo. Todos estavam com um medo muito grande. E com razão. Pois a situação complicada do Cruzeiro na Série B mexeu com todos. A Raposa estava apenas dois pontos acima da zona do rebaixamento. E o time vinha de quatro jogos sem vencer e se apresentando cada vez pior.

Mas todo aquela tensão e ansiedade que o cruzeirense teve entre a noite de segunda-feira e a noite desta sexta-feira já passou. Todos vão dormir mais aliviado nesta noite. Apenas aliviado. O triunfo por 1 a 0 sobre o Londrina, com gol de Thiago nos minutos finais, deixa os cruzeirenses felizes pelo resultado, mas a comemoração não pode virar euforia e nem mascarar as 33 rodadas anteriores e todo o trabalho da direção de futebol.

Agora são cinco pontos de vantagem sobre o próprio Londrina, o primeiro time dentro da zona do rebaixamento. E, restando quatro rodadas para cada um deles, o Cruzeiro terá de fazer muito força até o fim da Série B para ser rebaixado. Claro que o cruzeirense mais comedido espera outro vitória para ter uma tranquilidade total. Contra o Brusque, na terça-feira (9), no Mineirão, é uma boa oportunidade. A casa estará cheia.

E que ninguém esqueça. A vitória apenas garantiu mais um ano na Série B. Que esse triunfo não esconda a realidade do Cruzeiro, pois 2021 foi ainda pior do que 2020. É necessário mudar muita coisa para a próxima temporada.

A penitência

Só que não foi nada fácil assistir ao jogo com o Londrina. Com toda certeza a partida disputada no Estádio do Café está entre as piores do ano. Em campo estavam dois times com medo de perder. Duas equipes que pouco atacaram. Tanto que em mais de 90 minutos de jogo foram poucas chances de gol, mas pelo menos sempre com a o time estrelado mais perto da vitória.

Como aconteceu. O Cruzeiro venceu, mas foram 84 minutos de bola rolando até o gol de Thiago. Foram 84 minutos de penitência, pois não foi nada fácil acompanhar uma das piores partidas desta edição da Série B. Com a penitência paga, o cruzeirense vai dormir aliviado, mas não feliz.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

All Comments

Subscribe
Notify of
guest
3 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
José Antonio

Três anos consecutivos na SEGUNDONA!!!!! Não tem nenhum motivo pra comemorar…

MARCELO

A torcida do Cruzeiro terá que reaprender a torcer. Tudo começou com a história lá atrás do apoio incondicional , o apoio incondicional era uma coisa qie organizadas, influenciados, e alguns tipos de jornalistas(todos estes 3 ligados ao poder) espalhavam, apoio incondicional não passa se ausência de críticas, de defesa (sem perceber para o torcedor) da diretoria. Virou uma torcida infantilizada, cantando musiquinha ridículas, chamando o clube de cabuloso (outra coisa ridícula), e agora acreditando na lorota que SAF salvará o cruzeiro (SAF é boa para quem está bem, quem endente o.minimonde gestão e direito sabe disso).

Mas é isso, se ganhar do Brusque vai ter festa na praça 7z, por que não vai cair. Alguma dúvida do real tamanho do cruzeiro? O Brasil já sabe a torcida ainda não. Vão enaltecer o passado? É como a gra Bretanha se achará maior potência, pq já foi dona do Canadá, EUA, Austrália, Índia, etc

Marcelo

Como é gratificante ver a bicharada comemorar a possível permanência na B! Hahahaha, a arrogância e a prepotência sendo castigada não tem preço!
Chegou a hora, vais me pagar! Eu quero ver o teu sofrer, o teu penar….