Blog do Victão

O Cruzeiro está melhor, mas ainda não o bastante para entrar na briga por uma vaga na Série A

Cruzeiro e CRB não saíram do zero em jogo da 21ª rodada da Série B (Francisco Cedrim/ AscomCRB)

A chegada de Vanderlei Luxemburgo foi uma injeção de ânimo no Cruzeiro. Imediatamente a confiança reapareceu e a moral cresceu. Mas não foi apenas isso que melhorou na Toca da Raposa. O time está melhor em comparação ao que apresentava sob o comando de Mozart, joga um futebol melhor.

Mas é preciso separar as coisas. Luxemburgo encontrou um time dentro da zona do rebaixamento da Série B. Com um dos elencos mais caros da competição, a tarefa de tirar o time daquela situação não era das mais complicadas. Por outro lado, a melhora apresentada pelo time celeste ainda não é o bastante para entrar na briga por um lugar no G4. A distância para o quarto colocado está em dez pontos.

O empate em 0 a 0, com o CRB, em Maceió, não seria um mau resultado não fosse o primeiro turno fraco que o Cruzeiro fez. Um pontinho conquistado longe de Belo Horizonte, mas numa rodada que muitos dos times da parte de cima da tabela venceram. A distância para o G4 era de nove pontos e subiu para dez. São quatro rodadas perfeitas para tirar essa diferença.

Por mais que o discurso na Toca da Raposa seja de buscar o acesso, reforçado pelas entrevistas durante a semana que passou, após os triunfos sobre Náutico e Confiança, o campo apresentou outra coisa. O Cruzeiro fez um jogo ok diante do CRB, no confronto do 3º colocado contra o 14º. Mas para quem ainda fala em subir, é preciso jogar mais, ser mais ofensivo, ameaçar mais o gol adversário.

Ataque e defesa

A superioridade do Cruzeiro na primeira etapa não foi transformada e gol. O CRB teve muito mais dificuldades para jogar no gramado pesado por causa da forte chuva. Se a defesa vai muito bem, já são três jogos seguidos sem sofrer gols, o ataque sofre para criar uma chancezinha sequer. Apesar de ter mais posse de bola, de rondar mais a área do adversário, a Raposa não ameaçou o gol defendido por Diogo Silva. O goleiro do CRB teve trabalho apenas numa falta batida por Giovanni.

Na etapa final os papéis se inverteram. O campo menos encharcado favoreceu o jogo pelo chão do CRB, que foi melhor nessa etapa. Fábio fez a defesa do jogo e garantiu mais um ponto ao Cruzeiro, que até chegou com algum perigo nos minutos finais, mas nada para empolgar. Enfim, para seguir falando em acesso o time estrelado vai precisar jogar muito mais.

As probabilidades

Passadas 21 rodadas na Série B, a chance de acesso do Cruzeiro é de apenas 1,8%, de acordo com o site Probabilidades no Futebol. Já o CRB tem 55,8% de possibilidade de acesso. Na próxima rodada a Raposa vai visitar o Goiás, em partida remarcada para 7/7. A equipe esmeraldina tem 64,4% de chance de subir. Considerando as probabilidades, o desafio da próxima semana será ainda mais difícil.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments