Blog do Victão

O Cruzeiro é um time da Série B. E dos ruins. O que tem hoje não é o suficiente para subir

O 2021 do Cruzeiro segue igual ao que foi a temporada 2020 (Bruno Haddad/Cruzeiro)

Esqueçam o resultado do jogo com o Tombense. Esqueçam a classificação no Campeonato Mineiro. Foco apenas no futebol apresentado pelo Cruzeiro nos primeiros jogos da temporada 2021.

O que mostrou em campo não é suficiente para conseguir o acesso. O time do técnico Felipe Conceição até que teve um começo promissor, apesar do empate com o Uberlândia. Mas foi uma partida com mais de 30 finalizações. Naquele momento, foi um alento para que vinha de uma Série B tão ruim, de pouquíssima produção ofensiva.

Mas ficou nisso. O Cruzeiro da primeira rodada do Mineiro foi o melhor Cruzeiro da temporada. A cada jogo, seja por Estadual ou Copa do Brasil, o desempenho piora. O time já não tem o volume ofensivo da estreia. A defesa já não é segura. Fábio segue fazendo muito bem o serviço dele.

A Série B do Brasileirão começa somente em 28 de maio, são quase dois meses até lá, mas é possível afirmar que o Cruzeiro de hoje não vai subir. Não com esse elenco. Não com esse futebol, ou melhor, a falta de futebol.

Algo precisa ser feito até lá ou o Cruzeiro vai ficar mais um ano sem conseguir o acesso.

Em tempo: a situação estaria pior sem o Fábio.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

All Comments