Blog do Victão

O Atlético da Copa do Brasil não carrega o peso do Brasileirão e isso explica a grande exibição diante do Fortaleza. Um time leve em campo

Noite de festa no Mineirão. Goleada do Atlético na semifinal da Copa do Brasil ( Pedro Souza/Atlético)

O Atlético vai disputar a final da Copa do Brasil pela terceira vez na sua história. Pela terceira vez nas últimas oito edições. O Galo venceu o Fortaleza por 4 a 0 no duelo de ida da semifinal, no Mineirão. E até poderia ter feito mais, não fossem as chances perdidas na segunda etapa e a nítida desaceleração do time. Por mais que tenha a partida da volta, na próxima semana, no Castelão, o Atlético não vai perder para o Fortaleza por quatro gols de diferença.

E isso não é menosprezo. É ter ciência justamente da diferença de qualidade que existe entre as duas equipes. Por mais que a equipe cearense seja destaque na temporada, o nível técnico do Atlético é muito superior. E isso ficou evidente no confronto desta quarta-feira. Portanto, é difícil imaginar um cenário em que o Fortaleza seja capaz de devolver o 4 a 0 que sofreu no Mineirão.

A classificação do Campeonato Brasileiro mostra o Galo na liderança e o Leão do Pici na quarta colocação. Mas não era jogo do Brasileirão. E isso fez toda a diferença para o time alvinegro. Se nas rodadas anteriores da principal competição do país o Atlético se mostrou um time pressionado pelo título que não conquista há 50 anos, na Copa do Brasil o Galo não tem essa pressão. Foi um time leve e que encontrou um cenário bastante favorável.

Fortaleza foi para trocar socos e ficou grogue

Ao contrário do que costuma fazer outros adversários que visitam o Atlético, no Mineirão, que se fecham o máximo possível, o Fortaleza é um time corajoso. É um time que gosta de ter a bola. É um time que gosta de jogar futebol. Mas pela qualidade que tem o Galo e empurrado pela torcida, não é bom fazer um jogo de troca de socos. Foi o que a equipe tricolor tentou fazer no Mineirão e se deu mal. Muito mal.

Cada gol(pe) do Atlético deixava a equipe do argentino Juan Vojvoda mais grogue. Exatamente como acontece num ringue. Quanto mais grogue o Fortaleza ficava, mais o Atlético aproveitava para bater. Um nocaute que vale uma vaga na decisão da Copa do Brasil e pelo menos R$ 23 milhões de premiação.

Mas para dizer quem nem tudo foi perfeito na noite atleticana, fica o registro que Hulk saiu machucado após um pisão na mão esquerda e que Zaracho não conseguiu forçar o terceiro cartão amarelo, como o volante Allan conseguiu.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

All Comments

Subscribe
Notify of
guest
13 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Teobaldo

O caixão está fechado e agora só falta bater os pregos que o meu Galão da Massa já está na final, mas na minha opinião, no primeiro gol, o árbitro apitou antes da bola entrar e não teve peito de voltar atrás. Nada, porém, diferente daquela velha história: o meu time ganhou, o juiz é um santo; o meu time perdeu, o juiz é um ladrão.

Rodrigo Valu

Na velocidade da bola, não há reação que faça diferença se apitou ou não. Todos acharam que ia pra fora mesmo. Repare o Keno na área levantando a mão. Segue o jogo.

Teobaldo

Prezado Rodrigo Valu, de acordo com a regra, quando o juiz apita, o jogo para. Não faz a menor diferença “o que todos acharam”. Abraços e grato pela leitura e comentário.

jeferson bachour coelho

Teobaldo, você ouvi mais que o necessário. A bola tinha entrado. Vai cruzeirar em outra frequesia.

Teobaldo

Prezado coelho (com letra minúscula mesmo), essa sua dificuldade em aceitar opiniões diferentes da sua já foram identificadas pela psiquiatria moderna. Procure ajuda profissional e seja feliz.

EDUARDO SILVA

Caro teobaldo, foi mostrado no troca de passes que NÃO.. não houve o tal apito “antes da bola entrar”… Paralisaram o lance N vezes, e mostraram (E PROVARAM) que o apito soou APÓS a bola ter entrado. saudações…

Teobaldo

Eu assisti o jogo na Globo, Eduardo, e na transmissão, com tudo parado, fica claro o som do apinto, mas, certamente, durante o dia esse assunto vai ser muito debatido em todos os canais. Vamos acompanhar por que a polêmica é garantida. Abraços e grato pela leitura e comentário.

Bosco Disa

GANHOU PORQUE CHUTOU EM GOL, E NAO FICOU TROCANDO PASSINHOS QUE NAO LEVA A NADA

Andre

Calma Flamengo está chegando kkkk

Teobaldo

É verdade, assim como vem aí o mês de janeiro e, com ele, as boletas do Ministério do Trabalho… pensando bem, até que o Flamengo não é tão ruim… Abbbbbraços!!!

SOLON DINIZ CAVALCANTI

Pra que tomar o amarelo, é só não entrar no próximo jogo.

elton

para entrar sem cartão nas finais do Torneio. Simples assim.

Bê Bê C.

Parabéns para o time que vai fazer 3 aninhos na série B!!! Muitos anos de vida aí!!!