Blog do Victão

No ritmo de Hulk: Atlético deixa a fase de grupos da Copa Libertadores mais forte do que entrou

Hulk foi o grande nome do Atlético na fase de grupos da Copa Libertadores (Agência i7/Mineirão)

Hulk foi o nome do Atlético na fase de grupos da Copa Libertadores. Aliás, o camisa 7 do Galo está entre os três melhores jogadores do torneio até o momento. Artilheiro da competição com seis gols, o atacante entrega dentro de campo o que se esperava dele: está decidindo.

Os gols de Hulk colocaram o Atlético como a melhor equipe da fase de grupos. Tudo bem que o Grupo H não ofereceu muito desafio, mas o Galo fez o que tinha de fazer. Com a liderança técnica de Hulk, que começou a Libertadores no banco de reservas, o time comandado por Cuca deixa esta etapa do torneio mais forte do que entrou.

É um time que tem seus defeitos. Mas a evolução já nítida. E as duas partidas com o Deportivo La Guaira não deixam dúvidas como o Galo de 45 dias atrás não existe mais. O Galo atual é forte e tem muita margem para crescimento.

Assim como aconteceu contra América de Cáli e Cerro Porteño, Hulk foi escolhido pela Conmebol como o melhor jogador do partida na goleada por 4 a 0 sobre o Deportivo La Guaira. Três vezes o melhor em campo. Merecido.

Quatro jogos sem sofrer gols

Pela quarta vez consecutiva o Atlético deixou o campo sem sofrer gols. Feito que o time alvinegro não conseguia desde julho/agosto de 2019, quando a defesa não foi vencida em confrontos do Campeonato Brasileiro e Copa Sul-Americana.

Tudo bem que o Deportivo La Guaira não ofereceu tanto perigo, com exceção de uma bola cabeceada no começo do segundo tempo, mas é uma evolução. Tomar gol em praticamente todos os jogos era uma rotina da equipe alvinegra na temporada passada.

A temporada começa para valer

Campeão mineiro e líder geral da fase de grupos da Copa Libertadores. O Atlético passou bem pelos primeiros meses da temporada. A derrota no clássico para o Cruzeiro foi o ponto negativo neste começo de 2021. Apesar dos feitos até o momento, é a partir de agora que o bicho começa a pegar.

Neste final de semana começa o Campeonato Brasileiro. O Galo enfrenta o Fortaleza. Depois tem Copa do Brasil e mais para a frente as oitavas de final da Libertadores. O Atlético superou aquele momento de instabilidade na chegada do Cuca e se coloca como um forte candidato aos títulos.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.