Blog do Victão

Não foi uma grande apresentação, mas o Cruzeiro fez o suficiente para avançar na Copa do Brasil

Matheus Barbosa fez o gol da classificação do Cruzeiro (Gustavo Aleixo/Cruzeiro)

Se no domingo o Cruzeiro bateu o Atlético, pelo Campeonato Mineiro, numa atuação que encheu os olhos do torcedor, nesta quarta-feira a equipe comanda por Felipe Conceição não teve uma grande apresentação. Mas fez o que se esperava. Venceu o América-RN, por 1 a 0, e garantiu vaga na terceira fase da Copa do Brasil.

A Raposa encontrou um pouco de dificuldade no começo da partida. Um adversário empolgado, que marcava bem e aproveitava a força e a velocidade nos contra-ataques. O trio Elvinho, Romarinho e Wallace Pernambucano incomodou bastante. Fábio teve de trabalhar, mais até do que foi contra o Atlético.

Mas com o passar do tempo o jogo foi mudando. Aos poucos o Cruzeiro foi colocando seu ritmo. Sem criar muita coisa, é verdade. Mas também sem sofrer sustos na defesa. Inclusive, já são cinco jogos sem sofrer gols.

No segundo tempo a situação ficou ainda mais tranquila. Visivelmente o América de Natal não tinha mais fôlego. Dava espaços na defesa como não fazia no primeiro tempo. Os contra-ataques minguaram. Mas faltava o Cruzeiro transformar o domínio em chances claras.

Se a defesa celeste vai bem, muito em função de Fábio, o ataque segue com dificuldades para criar. Enquanto o América se esfarelava dentro de campo, cada vez com mais dificuldade para acompanhar o ritmo do jogo, o Cruzeiro ganhou muita qualidade com a entrada de Rômulo.

Era um Cruzeiro inteiro demais diante de um adversário que já não marcava mais. O gol era questão de tempo. E ele saiu, perto dos 40, com Matheus Barbosa. Não foi uma grande atuação, mas nem por isso não há pontos positivos.

O Cruzeiro de Felipe Conceição mostra que encontrou um caminho, sem esquecer jamais que a meta da temporada é o acesso. Mas fazer esse percurso com vitória, classificação e dinheiro no bolso fica ainda melhor.

Cruzeiro joga por R$ 2,7 milhões

Classificado para a terceira fase da Copa do Brasil, o Cruzeiro já garantiu R$ 4,2 milhões em premiações. Nesta etapa, ao contrário das edições anteriores, entram os clubes que disputam a Copa Libertadores. Até o ano passado esses times já entravam nas oitavas de final.

Os confrontos da próxima etapa vão ser definidos através de sorteio. E a classificação vale R$ 2,7 milhões. Os duelos pela terceira fase da Copa do Brasil estão marcados para as duas primeiras semanas de junho.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

All Comments