Blog do Victão

Jogo fraco e empate sem graça no Horto. Foi menos ruim para o Atlético do que para o América

América x Atlético: empate sem gols no primeiro jogo da final (Mourão Panda/América)

América x Atlético pelo Campeonato Mineiro. Internacional x Grêmio pelo Campeonato Gaúcho. Corinthians x Palmeiras pelo Campeonato Paulista. Aqui em casa a televisão ficou o tempo todo no confronto de Belo Horizonte. Mas por obrigação profissional. Certamente quem tinha a opção de escolher o que assistir, não ficou com o duelo entre Coelho e Galo.

A primeira partida da final do Campeonato Mineiro não foi boa. Foi ruim de assistir. Um jogo de poucas oportunidades, não me lembro de nenhuma chance clara de gol, e bastante picotada. A minha sensação foi de que a bola quase não rolou no gramado do Independência.

Mandante no clássico deste domingo, o América precisa vencer um dos dois jogos para ficar com o título. No primeiro, claramente a postura neste primeiro encontro foi de se manter vivo. O time de Lisca não se arriscou. Levar um gol poderia custar caro demais. O Coelho soube se aproveitar disso diante do Cruzeiro.

O América só mudou de postura na reta final do segundo tempo, após a correta expulsão de Allan, que impediu que Ademir ficasse sozinho com o goleiro Everson. No fim, o resultado que mantém o América vivo na disputa, mas que também deixa a vantagem com o rival.

Já o Atlético não foi bem. Uma escalação que indicava uma coisa e em campo mostrou outra. Eram três zagueiros, mas um deles atuou como volante. Eram dois laterais-esquerdo, sendo que um foi mais um ponta. Na teoria poucas alterações no time que é considerado titular, mas, na prática, muita coisa mudou.

O Galo não conseguiu jogar. Até chutou mais vezes na primeira etapa, mas nenhuma oportunidade clara em quase 100 minutos de jogo. Com a expulsão de Allan, na metade do segundo tempo, o Atlético se abraçou de vez no regulamento. Agarrou o empate e segurou a vantagem.

No próximo sábado, no Mineirão, o time alvinegro joga pelo empate para ficar com o título. O título está em aberto. Até mais do que estava antes do primeiro jogo. Mas o Atlético segue com todo o favoritismo.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

All Comments