Blog do Victão

Futebol mineiro: transformação e crescimento

Troféu dado ao campeão mineiro (Agência i7/Mineirão)

Por Adriano Aro*

Neste último final de semana de fevereiro de 2021 tivemos o início do nosso Mineiro Sicoob, aclamado como o melhor estadual do Brasil há muitos anos pela imprensa esportiva em geral. O cenário complexo e desafiador, em que seguimos enfrentando a pandemia do coronavírus, mostra a importância de termos os recursos, cada vez mais escassos, investidos com precisão e inteligência.

Mesmo diante do movimento de retração dos grandes investidores do futebol, entramos na 5ª temporada consecutiva com o mesmo detentor dos naming rights, o que reforça nossa identidade e compromisso com a estruturação do futebol mineiro.

A impossibilidade de acesso dos torcedores aos estádios evidenciou, ainda mais, a necessidade da transmissão de todas as partidas do campeonato, e após ótimas experiências com o Módulo II, o Mineiro Feminino e a Segunda Divisão, a TV FMF complementará a grade de transmissão da TV Globo, parceira histórica do futebol mineiro como detentora dos direitos de transmissão. Os confrontos de times do interior poderão ser vistos de qualquer lugar do mundo, pela internet, de forma gratuita, pelo www.futebolmineiro.tv.br

A transmissão do campeonato na íntegra é parte do projeto de fomento para solidificar as estruturas do nosso futebol. Investimos, nos últimos anos, na estrutura do VAR – 100% custeado pela FMF – nas fases semifinal e final, garantimos melhorias contínuas na formação e preparação do quadro de arbitragem, e seguimos transformando o produto para acompanhar as transformações do mercado.

Após período de adaptação para que todos os campos tivessem as mesmas dimensões, e as instalações dos estádios tivessem padronização para acolher todas as delegações dentro de padrões profissionais, temos como grande novidade para 2021 a exigência de licença da CBF para todos os treinadores do campeonato, sugestão prontamente aceita pelos clubes em Conselho Arbitral, reforçando a mentalidade conjunta de foco na excelência para que o campeonato siga com a fama construída desde 2004, quando foi implantada a base do regulamento já consagrado e aperfeiçoado, com a criação do Troféu Inconfidência, que envolve do 5º ao 8º colocados, e da Recopa do Interior.

Esperamos um campeonato com emoção, equipes do interior dividindo protagonismo com os da capital, e grandes trabalhos dos clubes filiados, que se juntam à Federação Mineira de Futebol em um dos maiores desafios da nossa história.

Um grande abraço à torcida mineira,

Adriano Aro
Presidente da FMF

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.