Blog do Victão

Cuca prometeu um Atlético melhor em dez dias. O que fazer até quarta? Ligar para o Sampaoli?

Cuca pediu para ser cobrado em dez dias. Restam três e parece que muita coisa precisa ser feita (Pedro Souza/Atlético)

Depois da derrota para o Cruzeiro, na semana passada, Cuca disse que poderia ser cobrado em dez dias. De acordo com o treinador o time estará pronto na estreia na Copa Libertadores. Um Galo diferente vai estar em campo diante do Deportivo La Guaira, da Venezuela.

Mas, pegando como base o desempenho do time diante do Boa Esporte, neste domingo, Cuca terá de fazer muita coisa em três dias. A vitória por 2 a1 mais deixou dúvidas do que trouxe respostas.

O Atlético vai passar de 70 jogos na temporada. Com certeza em nenhuma outra partida em 2021 o time alvinegro vai ter pela frente um adversário tão fraco quanto o Boa Esporte. O time de Varginha está rebaixado e não é uma surpresa. Há muito tempo uma equipe do Módulo 1 se apresentava tão frágil para competição.

Mas mesmo assim o Galo não conseguiu jogar bem. Para quem olha apenas os números, sem ver o campo, pode criar uma ilusão. O Atlético passou de 20 finalizações, teve duas dezenas de escanteios e muita posse de bola. Mas isso não significa que foi uma grande exibição. Nesta análise, é preciso levar em conta a ruindade do adversário. O volume de jogo foi natural diante das distâncias técnicas e financeiras das duas equipes.

“Ah, mas o Galo perdeu chances”, pode argumentar um torcedor mais apaixonado. Sim. É verdade que o Atlético teve boas oportunidades e não aproveitou. Poderia ser uma vitória mais tranquila, não uma virada nos minutos finais.

Mas o Atlético não compete com o Boa. O Atlético compete com Flamengo, Palmeiras, São Paulo, Internacional, Boca Juniors, River Plate e outros grandes clubes do continente. O sarrafo para o Galo está lá em cima. Vencer o Campeonato Mineiro não é o suficiente, o time é para brigar por coisa maior.

Basta ter um mínimo de conhecimento de futebol para saber como o Atlético tem muitos jogadores talentosos, mas não tem organização. Não há uma maneira de jogar que potencialize a qualidade individual. É o contrário. O individual tem carregado o coletivo.

O que será que ele vai fazer até quarta-feira? Vai ligar para Jorge Sampaoli?

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

All Comments