Blog do Victão

Cruzeiro tem atuação perfeita contra o Atlético. Uma vitória para entrar para a história do clube

Airton entrou para a história ao fazer o gol da vitória do Cruzeiro sobre o Atlético (Bruno Haddad/Cruzeiro)

Há quase dois anos a vida do cruzeirense se transformou. As alegrias dentro de campo foram poucas. Dentro desses momentos de felicidade, certamente o clássico deste domingo (11) vai estar nas primeiras colocações. O triunfo por 1 a 0 sobre o Atlético entra para a história celeste como um dos grandes feitos de superação nos 100 anos do clube.

De um lado um rival turbinado por mecenas e recheado de grandes jogadores. Um time que ficou na terceira colocação no Campeonato Brasileiro do ano passado e ainda foi reforçado. Mas mesmo assim o Cruzeiro não se intimidou diante do Atlético. A Raposa adotou uma estratégia inteligente e teve uma atuação perfeita.

Nada de ficar lá atrás. O Cruzeiro jogou no campo ofensivo. Pressionando a saída de bola do adversário, dificultando para o rival, que gosta de criar as jogadas a partir de Everson e dos zagueiros Alonso e Igor Rabello.

Não faltou entrega de nenhum jogador cruzeirense. Não há um atleta que o torcedor possa questionar na partida deste domingo. Méritos total do técnico Felipe Conceição. O treinador cruzeirense estudou bem o Atlético. Anulou os principais pontos do rival. Fez 1 a 0 numa bela troca de passes e linda finalização de Airton.

É bom lembrar que o Fábio fez o que faz de melhor desde 2005. Evitou o gol atleticano, num lance cara a cara com Vargas. Aliás, no único momento que Nacho Fernandez teve algum espaço no meio de campo. Diante da qualidade do jogador em questão e dos demais atletas, conceder apenas uma chance clara para o Atlético só prova como funcionou bem a marcação da Raposa.

O Cruzeiro, depois de muito tempo, mostrou para os atleticanos e para todo o Brasil que o momento é ruim, mas o clube é gigante. A vitória no clássico, com autoridade que foi, é para orgulhar o cruzeirense e mostrar para todos que a Raposa não está morta. Um clássico que entrou para a história.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

All Comments

Subscribe
Notify of
guest
13 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
William dos Santos Souza

Cruzeiro voltou a ser Cruzeiro como a um bom tempo não se via, jogou com muita raça, determinação de todos os jogadores! Honraram o camisa azul celeste. E esse jogo aumenta a confiança para voltarmos para a série A de onde nunca deveria ter saído! Esses jogadores mostraram que são capazes! #cruzeirodeprimeira

Elba Morais

Ganhar da Galinácea Rosa com esse time perfeito , só na papel foi o melhor presente neste conturbado ano do centenário O gigante azul está muito ferido mas nao está morto

Elba Morais

Ganhar da Galinácea Rosa com esse time perfeito , só na papel foi o melhor presente neste conturbado ano do centenário O gigante azul está muito ferido mas nao está morto

Fernando Martins

Os jogadores mostraram muito empenho e merecem todos os elogios mas o melhor em campo foi o tecnico Felipe Conceição. Ele armou o time de maneira inteligente, não se acovardou mesmo jogando contra um time com varios jogadores de qualidade. Felipe Conceição ganhou muitos pontos com a torcida nesse jogo. Se até uma semana atrás o cenário era de pessimismo, hoje ele mostrou para a torcida que o trabalho começa a dar resultado. Uma coisa que chama a atenção é que ele tem mexido pouco na escalação do time que entra jogando, o time mostrou um bom entrosamento na partida de hoje e as substituições mantiveram o bom nivel de jogo.

Dorival Cunha

Ganhar do Patetico é uma tarefa muito fácil ,,, basta marcar o lado esquerdo que tem Arana e Keno e um pouco de pressão na saída de bola que o time não joga nada. Impressionante como a imprensa valoriza esse time de jogadores medianos. Gastou 300 milhões e quem é o craque do time ? Quem desequilibra uma partida ? Esse Nacho corre pros lados e virou referencia do time ….kkkkkkk

Rodrigo Alvaro

Bom mesmo é o Airton

Filipe Braga

Bom, vamos lá porque lendo a “análise” fico pensando em ciclotimia… chega a assustar. Recordar é viver, então:

SE:
“Ou Felipe Conceição recupera e até aumenta a confiança que recebeu em janeiro ou a relação azeda de vez.”

E:
“o cruzeirense mais lúcido sabe que o futebol apresentado até o momento não é o suficiente para bater o rival. ”

ENTÃO:
“Cruzeiro tem atuação perfeita (…)”

Agora, a não ser que acreditemos em milagres – e que eles estariam sendo ‘gastos’ em jogos de futebol – o opineiro errou, errou rude nas postagens anteriores. O treinador anulou as armas de um time falado aos quatro ventos pelo Brasil, mas estaria em crise. O time, jogadores, comissão técnica tiveram uma partida perfeita tática e técnica, mas não era pario.

Não gente. Não teve transformação. O elenco, jogadores, treinador são os mesmos, porém contra um adversário mais aberto – isso faz diferença – e com a raça necessária a um clássico. Lembrando que raça não é um botão de liga que funciona igual em todos os jogos.

O treinador está fazendo um ótimo trabalho, tirando leite de pedra e estruturando um trabalho que SE APOIADO INCONDICIONALMENTE E INDEPENDENTE DOS RESULTADOS pode culminar na promoção para Série A. A posição na série B (primeiro ou quarto) pouco importa. Bora ouvir menos os falsos profetas e torcer incondicionalmente.

#FechadoComOCruzeiro #FechadoComOMaiorDeMinas #FechadoComOFilipe

Sérgio Salomon

JOGO É JOGADO COMO O LAMBARI É PESCADO E MULHER BONITA NÃO MOSTRA O RISCADO-FRASE DO SAUDOSO CAFUNGA. Não existe vitória fora de campo, com a imprensa mineira fofocando e torcedores atleticanos já prevendo uma vitória de 6, 7, 8 gols para o Atletico. PORÉM em campo o que se viu foi um CRUZEIRO bem armado em campo, decidido e sem dar muitas chances para o adversário. FALTA AINDA MUITO PARA O CRUZEIRO CHEGAR AO AUGE MAS O CAMINHO ESTÁ SENDO TRAÇADO DESDE ONTEM..

William

Franga ao molho pardo.

Luiz Bento Pereira

as frangas kafunguenses, lurdinhas descabeladas, sumiram

Luiz Bento Pereira

parabéns, ou meus Cruzeiro, desde Rossi, Pedro Paulo, Massinha, até o centenario de Glorias, embora roubado, assaltado e falido, galinha alguma pisa no nosso manto azul celeste.
muit0o menos galinhas kafunguenses