Blog do Victão

Cruzeiro perde de novo e atinge marca negativa: já tem mais derrotas do que vitórias na Série B

Cruzeiro tem seis derrotas em 13 rodadas da Série B (Gustavo Aleixo/Cruzeiro)

O Remo venceu o Cruzeiro por 1 a 0, com um golaço de Victor Andrade. O camisa 9 do clube paraense marcou de voleio, como o ex-atacante Bebeto fazia em seus melhores momentos. A derrota em Belém foi a 17ª da Raposa em jogos válidos pelo Campeonato Brasileiro, somando as edições passadas e a atual, contra 16 triunfos. Portando, em 51 apresentações na Segunda Divisão, o Cruzeiro já tem mais derrotas do que vitórias.

Na temporada passada foram 14 vitórias, 13 empates em 11 derrotas. Na edição 2021 são apenas dois triunfos em 13 jogos, com cinco empates e seis derrotas. No total, são 16 vitórias, 18 empates e 17 derrotas. A sequência atual mostra um jejum de sete partidas e contando…

Em campo, nada novo. Um time que não cria, que não assusta nenhum adversário. A escalação teve cinco alterações em relação ao time que começou a partida com o Avaí. O técnico Mozart parece não ter mais um rumo e a cada jogo dá sinais que sua estratégia é a tentativa e erro, até encontrar uma formaçao ideal. A dúvida é se o treinador vai ter este tempo ou até mesmo se o Cruzeiro vai ter este tempo. Passadas 13 rodadas da Série B, falar em acesso é um devaneio. A realidade é lutar contra a queda para a Série C.

Dependendo dos resultados da rodada, o Cruzeiro pode até terminar a rodada no grupo dos quatro últimos colocados. E, neste momento, será um retrato perfeito do péssimo futebol apresentado pela Raposa.

O Remo, que algumas rodadas atrás era o lanterna, já tem cinco pontos a mais do que o clube mineiro. No banco de reservas está Felipe Conceição, que venceu três vezes em quatro rodadas. O treinador que estava no Cruzeiro e saiu por não fazer o time jogar, vai somando pontos pelo Leão e deixa algumas questões no ar: será que o problema era mesmo o técnico? Será que Mozart é o grande culpado agora?

Ainda restam 25 rodadas para o término da competição, mas já é possível cravar: o Cruzeiro não estará na Série A em 2022. Só não é possível dizer que a temporada acabou pois a briga é contra o rebaixamento. E para não cair novamente, o time estrelado precisa melhorar bastante.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Categorias:
Opinião
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments