Blog do Victão

Cruzeiro ganhou um ponto ou deixou dois pelo caminho? Avaliação depende da sua expectativa

Cruzeiro empatou em 3 a 3 com o Guarani, no Mineirão (Gustavo

O Cruzeiro empatou em 3 a 3 com o Guarani, pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B, no Mineirão. Resultado muito ruim para quem esperava uma sequência de vitórias, a manutenção do aproveitamento acima de 80%, contando apenas os jogos com o Felipão, e tem a briga pelo acesso como prioridade. Por outro lado, o placar final não é de todo ruim para quem apenas quer evitar o rebaixamento à Série C e viu o time estrelado jogar com um jogador a menos por mais de 30 minutos.

Inclusive, esse é o discurso do treinador cruzeirense, desde que retornou à Toca da Raposa. A meta traçada por Felipão é a de evitar uma novo descenso. E isso o time tem entregado desde a troca no comando. Agora são 11 pontos conquistados em 15 disputados. Pelo menos até o encerramento desta rodada o Cruzeiro não volta para a zona do rebaixamento.

Foi bom?

Para quem enxerga assim o ponto conquistado deve ser comemorado. O Guarani se mostrou um time muito mais organizado dentro de campo. Em alguns momentos o Cruzeiro ficou na roda, sem conseguir marcar a equipe adversária. O terceiro gol do Bugre é um ótimo exemplo. Paciência e muita qualidade na troca de passes até a finalização com o Fábio já totalmente batido no lance.

O Cruzeiro perdia o jogo por 3 a 2 e ficou com um jogador a menos. O atacante William Pottker levou dois amarelos num intervalo de três minutos. Justiça seja feita, pois o camisa 11 celeste nem sequer fez falta na jogada em que recebeu o segundo cartão. Por mais de meia hora a Raposa jogou com um jogador a menos e foi o momento que teve um certo domínio sobre o adversário e conseguiu empatar. Diante dessas circunstâncias, é possível classificar como bom o empate.

Ou foi ruim?

Por outro lado, a reação mostrada pelo time desde a chegada de Felipão, mais pelos resultados do que pelas atuações, criou certa ilusão em parte da torcida e faz com que o empate com o Guarani seja encarado como um resultado ruim. Se por um momento o acesso foi dado como algo praticamente descartado, as três vitórias em quatro jogos com Scolari fez muita gente acreditar novamente na possibilidade de retornar à Série A em 2021. Mas a dura realidade dos números deixa claro como brigar pelo acesso é algo distante.

De acordo com o aproveitamento atual do Juventude, que está na quarta colocação, o time que deseja ficar com um lugar no G4 deve terminar a competição com pelo menos 64 pontos. Com 24 conquistados até o momento, o time celeste precisaria somar mais 40 em 51 possíveis. É necessário ter 78% de aproveitamento a partir de agora a até o fim da Série B. Pelo futebol apresentado é difícil acreditar que o Cruzeiro consiga atingir essa marca.

Mas não é impossível e é preciso lutar enquanto há chance!

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Categorias:
Opinião
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments