Blog do Victão

Cruzeiro empata com o Coritiba e precisa fazer campanha de campeão da Série A para subir

Cruzeiro empatou com o Coritiba, no Mineirão, e segue longe do G4 (Bruno Haddad/Cruzeiro)

Passadas apenas dez rodadas do Campeonato Brasileiro da Série B e o Cruzeiro já se encontra numa situação complicada no que diz respeito a brigar pelo acesso. A Raposa tem somente dez pontos, o último deles conquistado nesta terça-feira, no empate sem gols com o Coritiba, no Mineirão. Considerando o histórico da competição, para terminar na quarta colocação a Raposa terá de praticamente dobrar o aproveitamento.

Mais 28 rodadas vão ser jogadas, portanto são 84 pontos em disputa. Para conseguir o acesso o Cruzeiro precisa conquistar mais 51 pontos, para atingir a marca alcançada por Juventude e Cuiabá, que foram terceiro e quarto colocados na edição passada. Para atingir 61 pontos, que foi o bastante em 2020, mas não foi em 2019, o time estrelado terá de conquistar 61% dos pontos que vai disputar a partir de agora.

Um aproveitamento semelhante ao que teve o Flamengo, campeão brasileiro na temporada passada. O Rubro-Negro conquistou o Brasileirão com 71 pontos e aproveitamento de 62%.

E a perspectiva não é nada boa para o cruzeirense. O futebol apresentado nas primeiras dez rodadas, com exceção ao triunfo sobre o Vasco, não foi nada animador. Pelo contrário. Até o momento o Cruzeiro se mostrou mais como um time que joga para não ser rebaixado à Série C do que para subir à Série A.

A estratégia do Coritiba foi clara. Se fechou por 75 minutos, esperando pelo contra-ataque. Ponto positivo para o Cruzeiro apenas neste aspecto, já que não ofereceu o espaço que o adversário esperava. Mas também não criou. O goleiro Wilson foi um espectador na etapa inicial e no segundo tempo participou com algumas intervenções. Já nos 15 minutos finais o Coxa foi para o jogo e esteve mais perto de vencer do que o clube mineiro.

O pouco que o Coritiba jogou foi o bastante para ser mais perigoso do que o Cruzeiro. Fábio fez duas defesas em chutes de fora área e ainda viu trave evitar o pior, nos acréscimos.

Com duas vitórias em dez rodadas, o Cruzeiro se vê obrigado a conquistar 17 triunfos em 28 jogos. Ou então algo perto disso, desde que conquiste mais alguns empates. No entanto, por tudo o que jogou até momento e a falta de perspectiva, é melhor o cruzeirense já ir se acostumando com a ideia de ficar fora da Série A pela terceira temporada.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

All Comments

Subscribe
Notify of
guest
1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Murilo de Andrade Marçal

Amigo, o Cruzeiro acabou, não tem recuperação, terceiro ano seguido na seguda divisão é o fim, e ainda mais sem comando , o presidente é um lixo.