Blog do Victão

Cruzeiro diminui a pressão com primeira vitória na Série B, mas a luz amarela ainda está acesa

Bruno José garantiu a primeira vitória do Cruzeiro na Série B (Igor Sales/Cruzeiro)

Apenas uma equipe tem somente um ponto na Série B passadas quatro rodadas: é a Ponte Preta. Foi esse adversário que o Cruzeiro venceu nesta quarta-feira, por 1 a 0, no Estádio Moisés Lucarelli, e conquistou o primeiro triunfo na Segunda Divisão. Destacar a campanha ruim do time de Campinas é importante para entender como a vitória foi importante para a Raposa, mas que muita coisa ainda precisa ser feita.

O Cruzeiro soube aproveitar a fragilidade do adversário. Em nenhum momento a Ponte Preta deu mostras de que seria capaz de fazer um gol. Fábio só teve de trabalhar nos chutes de fora da área. É verdade que o goleiro do outro lado também não teve muito trabalho, mas a Raposa sempre se mostrou mais perto de fazer um gol do que a Macaca. E foi o que aconteceu no começo do segundo, em boa arrancada de Bruno José depois do passe de Marcinho.

Neste sábado o Cruzeiro tem pela frente o Operário, um adversário muito mais complicado do que a Ponte Preta. O bom início de caminhada sob o comando de Mozart é animador. São quatro pontos em seis partidas. Uma pontuação satisfatória. O que pesa neste momento são as duas primeiras rodadas, as derrotas para Confiança e CRB.

Mas, até pelo histórico cruzeirense na Série, a luz amarela segue acesa na Toca da Raposa. Mozart repete o que fizeram Enderson Moreira, Ney Franco e Felipão. Os três também conquistaram seus pontos nas primeiras rodadas que comandaram o time celeste, criaram esperança de dias melhores e, com o passar do tempo, o desempenho foi caindo, caindo…

A meta do Cruzeiro é o acesso, mas o desafio de momento para Mozart está posto: manter uma longa sequência pontuando. Mas será preciso jogar melhor do que foi contra a Ponte.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

All Comments

Subscribe
Notify of
guest
2 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Antonio Afonso Parreira Parrei

O problema é que o cruzeiro não enfrenta so o adversário dentro de campo, tem imprensa, justiça, cbf e fifa e jogadores mercenarios. Todos querem ver o cruzeiro na lama.

ivan junior

Gente é o seguinte. Vasco e botafogo já subiram. A CBF vai fazer a sua parte. Restarão 2 vagas. O Despejado EC ficou ano passado em 12o lugar. Esqueçam, mariada. O tri reBaixamento está garantido