Blog do Victão

Cruzeiro bate a Chape, ajuda o América e tem a menor diferença para o G4 desde a 9ª rodada

Cruzeiro venceu a líder Chapecoense, fora de casa (Igor Sales /Cruzeiro)

Nove pontos para o quarto colocado. Essa é a distância do Cruzeiro para o Juventude. A vitória por 1 a 0 diante da líder Chapecoense, que até então tinha apenas uma derrota no Campeonato Brasileiro da Série B, colocou a Raposa na melhor situação em relação à zona de acesso para a elite do futebol nacional desde a 9ª rodada.

Naquele momento a diferença também era de nove pontos para o quarto colocado. A Raposa estava na 13ª colocação, com oito, enquanto o Paraná completava o G4, com 17. Agora, o time celeste ocupa a 15ª posição, com 28 pontos, enquanto o Juventude é o quarto, com 37.

A tabela de classificação ainda mostra o Cruzeiro na parte de baixo. Lógico que não é o ideal, mas já são oito pontos de vantagem para o Náutico, primeiro time dentro da zona de rebaixamento. A equipe pernambucana ainda não entrou em campo pela 23ª rodada, joga nesta quarta-feira com o Vitória, em Recife. Independentemente do resultado no duelo entre nordestinos, o técnico Felipão já pode mudar seu discurso.

Se após o empate com o Figueirense, na semana passada, o treinador cruzeirense falou que a meta era evitar o rebaixamento e, por isso, pensar no acesso somente a partir da próxima temporada, algumas coisas mudaram de uma rodada para outra.

Considerando que a linha de corte segue na casa dos 64 pontos, o Cruzeiro precisa vencer 12 dos 15 jogos que tem para fazer. Ainda é muita coisa, é verdade. Mas o elenco mais caro da Série B tem que pelo menos brigar por uma das quatro vagas na Série A.

O desempenho do time diante da Chapecoense esteve muito longe de ser brilhante, mas foi um alento. O time da casa está na liderança da competição, tinha sofrido apenas seis gols em 22 partidas e vinha de uma longa invencibilidade. Comandado por Rafael Sóbis, o melhor jogador em campo, o Cruzeiro tomou as rédeas da partida. Repito. Não foi um jogo brilhante, mas a líder da Série B não criou nenhuma chance clara sequer e a vitória cruzeirense foi inquestionável.

Nesta sexta-feira a Raposa recebe o Confiança, às 21h30, no Mineirão. Repetir a segurança defensiva apresentada em Chapecó, melhorar o rendimento ofensivo e espantar a fase ruim dentro de casa. O próximo passo que o Cruzeiro precisa dar para seguir sonhando com a Série A em 2021.

O América agradece

Rodolfo fez o gol da vitória do América sobre o Juventude (Mourão Panda/América)

No mesmo horário que o Cruzeiro venceu a Chapecoense, na Arena Condá, o América superou o Juventude, por 2 a 1, no Independência. Os dois resultados fizeram a diferença entre o primeiro e o segundo cair de sete para quatro pontos. Campeão da Série B em 1997 e em 2017, o Coelho está na briga pelo terceiro título.

Até os jogos com o Palmeiras, pela semifinal da Copa do Brasil, marcados para 23 e 30 de dezembro, o América entrará em campo mais sete vezes pela Série B. Incluindo o confronto com a Chapecoense, no Horto. A equipe de Lisca tem futebol suficiente para deixar o acesso muito bem encaminhado até lá.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments