Blog do Victão

Acostumado com a dificuldade, o atleticano não enxerga a facilidade na conquista do Brasileirão

Diego Costa fez o primeiro gol do Atlético contra o Corinthians (Agência i7/Mineirão)

Antes de começar a escrever sobre o que está no título desta crônica, apenas um adendo pensando nos profissionais do Atlético. Todos que estão no dia a dia do clube vão rir ao ver alguém falar que o Brasileirão é fácil. E não é, realmente não é fácil para quem está envolvido diretamente com a competição. Jogadores, comissão técnica e funcionários sabem de todas as dificuldades que passaram nos últimos meses. Das vezes que um atleta jogou no sacrifício, que superou a dor ou cansaço para garantir um resultado.

Mas o foco do texto não são os jogadores. São os torcedores. O atleticano se acostumou a conquistar na base do sofrimento. “Se não é sofrido, não é Galo”. Um bordão repetido aos quatro cantos de Minas Gerais. O sofrimento alvinegro está presente até mesmo nas conquistas. Quem não lembra das viradas improváveis e espetaculares na Copa Libertadores de 2013 e na Copa do Brasil de 2014? E o que falar do jejum de 50 anos sem conquistar o Brasileirão?

E é justamente essa carga emocional que impede o atleticano de enxergar o óbvio: o Brasileirão de 2021 será uma conquista fácil. Mas é algo que o torcedor alvinegro só vai ter noção lá na frente, quando for rever algum documentário sobre o título ou então parar na frente do computador para rever os melhores momentos da campanha.

São dez pontos de vantagem para o segundo colocado. Com o aproveitamento superior a 70% e restando sete rodadas para o final, o Atlético está numa situação muito confortável. Está numa posição que qualquer outro clube gostaria de estar. Mas o atleticano não enxerga assim. Os fantasmas do passado ainda assombram. Apenas por isso o grito de campeão ainda não explodiu no Mineirão.

Palmeiras e Flamengo não vão chegar

Palmeiras e Flamengo ainda podem tirar o título do Atlético. Mas não vão. Nenhum deles tem a regularidade que o Galo apresentou em mais de 30 rodadas. E ambos se enfrentarão na final da Libertadores, no final deste mês. Portanto, paulistas e cariocas já não enxergam a conquista do Brasileirão como algo possível.

Por mais que todo o Brasil já trate o Atlético como o campeão nacional de 2021, o atleticano prefere aguardar. Vai esperar o time fazer 75 pontos ou então os concorrentes caírem pelo caminho.

Muitos vão questionar, dizer que não existe essa facilidade. Afinal de contas é uma torcida que aguarda há 50 anos pela conquista. A ansiedade é natural e já tomou conta. Os jogos são mais sofridos aos olhos dos atleticanos do que são aos olhos de analistas e até para os torcedores rivais. Nada de virada na rodada final. O título será confirmado com algumas rodadas de antecedência.

Portanto, chegará o dia que este texto será resgatado por atleticanos, que sem a emoção do momento e de cabeça fria vão concordar: a conquista do Brasileirão não teve sofrimento para o torcedor e foi muito tranquila. E o Galo? O Galo ganhou! Atlético 3 a 0 Corinthians, sem sustos.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

All Comments

Subscribe
Notify of
guest
4 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Teobaldo

Time concentrado, focado, pragmático. Torcedor com inteligência e imbuído em não deixar que a empolgação contagie os jogadores. Diretoria atenta e ciente de que não se ganha o campeonato apenas dentro de campo. A meta, por ora, é 77 pontos (mais 3 vitórias), o que obrigaria o Palmeias a vencer as 7 que lhe restam e/ou o Flamengo a vencer 8 de 9 que lhe restam.

Leonardo Mello

Teobaldo, ótimo dia
É isso aí. Vamos continuar focado, estamos no caminho. Vamos comemorar quando a taça estiver no lugar dela na Sede de Lourdes.

RCS

Foram tantos roubos, armações e sacanagens ao longo da história … Hoje com a tecnologia as brechas para garfadas diminuíram. Porém, não é somente isto: O investimento “ajuda de mecenas” no clube com jogadores de alto nível, elenco, salários em dia, jogadores motivados, etc. e a esta torcida apaixonada,…, não poderia dar outra!!

Atlético Mineiro Campeão 2021!!

Teobaldo

“Hoje com a tecnologia as brechas para garfadas diminuíram”.

O Bahia manda lembranças!