Blog do Victão

Record demonstrou interesse e pode ter o Campeonato Mineiro a partir de 2022

América x Cruzeiro é o jogo da Globo neste domingo (9) (Bruno Haddad/Cruzeiro)

Assim como foi no Rio de Janeiro, com a saída da Globo e a entrada da Record, pode acontecer também em Minas Gerais. A edição 2021 é a última do contrato vigente entre Federação Mineira de Futebol e a Rede Globo. A renovação parece algo distante, neste momento, enquanto a Record já demonstrou interesse em assumir também a transmissão dos jogos do Campeonato Mineiro.

O Blog apurou que os clubes, pelo menos os da capital, já são cientes do interesse da emissora paulista. Por contrato, a Globo tem prioridade para renovar o vínculo e até mesmo a vantagem de igualar a oferta de outra empresa interessada nos direitos do Mineiro.

Assunto que vai ganhar força nas próximas semanas, após o encerramento deste Estadual.

Redução de cota e impacto imediato

Seja a renovação com a Globo, um acerto com a Record e até mesmo partindo para a criação de um streaming próprio. É certo que os direitos do Campeonato Mineiro a partir de 2022 vão custar menos do que custavam até 2021. Atualmente, a Globo desembolsa mais de R$ 40 milhões pelo Estadual em Minas Gerais. A emissora carioca detém os direitos de transmissão em todas as plataformas.

Atlético e Cruzeiro recebem R$ 14,3 milhões, enquanto o América pega cerca de R$ 4 milhões e as demais equipes R$ 1 milhão cada uma. Com a permanência da Globo ou não, os clubes já sabem que não vão atingir o valor atual.

A crise econômica que afeta o país, os efeitos da pandemia e até mesmo uma mudança de postura da própria Globo nas negociações por direitos de transmissão explicam essa redução na cota. O Campeonato Carioca, por exemplo, custava R$ 120 milhões para a Globo, que garantia todas plataformas.

Já a Record paga R$ 11 milhões, apenas pelos jogos na televisão aberta. Em 2022 esse valor será de R$ 15 milhões. Para compensar a diferença os clubes e a FERJ (Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro) lançaram um pay-per-view próprio. Antes, os quatro grandes do Rio pegavam R$ 18 milhões cada um. Agora, mesmo com o ppv, eles não vão chegar nem perto disso.

Mas qual é o impacto imediato? Sem a garantia do contrato com a Globo e a certeza de um valor fixo a receber, será impossível adiantar as cotas de transmissão. Um socorro a menos na hora do aperto.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

All Comments

Subscribe
Notify of
guest
7 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
MITAIR É INOCENTE

Isso, tirem o futebol dessa emissora vagabunda, putinha do Flamengo

Wagno Lucio Berto

Rapaz. Eu já pensei assim. Hoje vejo quê as outras são piores. A libertadores mesmo, agora é um gasto a mais depois quê foi para o SBT.

Mozart Haine

Tudo é questão de tempo para se ajustar, mudanças são assim.

jander

quase 1 milhao por jogo no campeonato mineiro…. e tem clube que reclama dos estaduais….

Wagno Lucio Berto

Estaduais são altamente rentáveis. Em tempos normais, some isso as bilheterias e patrocínios locais pontuais.
Sem contar que é a chance do torcedor do interior do estado ter contato com o time, pois se depender da mídia eles serão levados a torcer para times de RJ ou sp.

Santos Carvalhais

1 milhão por jogo??? Ficou maluco! É 1 milhão para o campeonato inteiro!

Wagno Lucio Berto

Ou seja. Ruim com a Globo, pior sem ela