Blog do Victão

Felipe Conceição disse que Cruzeiro foi roubado. Agora ele pode até ser processado pelo árbitro

Erros de arbitragem irritaram Felipe Conceição (Bruno Haddad/Cruzeiro)

O Cruzeiro se sentiu prejudicado pela arbitragem nas duas primeiras rodadas da Série B do Campeonato Brasileiro. Um pênalti não marcado diante do Confiança e um gol não validado contra o CRB são as duas principais queixas do clube celeste. Na entrevista coletiva após o segundo revés na competição, nesse domingo, no Mineirão, o técnico Felipe Conceição não aliviou. O treinador cruzeirense chegou a dizer que a arbitragem rouba a Raposa.

“São várias situações dentro de uma partida que você sente que estão mal intencionados. Que estão puxando para o outro lado. Isso é um absurdo. Aqui a gente trabalha todos os dias de maneira honesta e tem um trio de arbitragem que vem e rouba a gente. Até quando a gente vai aguentar isso no futebol brasileiro?”.

Uma declaração forte e que pode fazer com que o comandante celeste seja processado. Os árbitros envolvidos nas partidas diante do Confiança e do CRB, André Rodrigo Rocha e Douglas Marques das Flores, respectivamente, podem processar Felipe Conceição alegando dano moral e calúnia.

O técnico do Cruzeiro poderia ter feito uma crítica profissional. Dizer que o juiz de futebol em questão é ruim, fraco ou que não enxerga direito. Mas ao dizer que teve roubo, Conceição pode ter de provar na Justiça, caso seja de interesse dos árbitros envolvidos nas duas primeiras partidas do Cruzeiro na Série B.

E o futebol mineiro tem precedente neste tipo de situação. Em 2010 o árbitro Ricardo Marques Ribeiro apitou duelo entre Cruzeiro e Ipatinga, pela semifinal do Estadual, e errou bastante. Mas mesmo assim o time do Vale do Aço venceu e avançou à final. A arbitragem ruim de Ricardo Marques Ribeiro virou tema de uma charge feita pela pelo cartunista Duke, dos jornais O Tempo e Super.

“Primeiro o juiz assaltou o Tigre, em seguida o Tigre atropelou a Raposa!!!”. Era o texto da ilustração e que rendeu processo por danos morais. Justamente por usar a palavra assalto que Duke e a Sempre Editoria, proprietária dos jornais citados acima, foram condenados e tiveram de pagar R$ 15 mil, além de publicar no jornal Super três notas em três edições consecutivas constando a “abusividade” da charge.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

All Comments

Subscribe
Notify of
guest
17 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Rômulo Sergio Coutinho

E quanto a moral, calúnia e prejuízo a uma instituição grande com planejamentos sendo jogado fora por erros grosseiros? Se não está apto a apitar dê lugar a quem tem real interesse de mostrar qualidades!!!

peppeu

Está falando do CRB, né? Porque do jogo de ontem esta era a ÚNICA “instituição grande com planejamentos”.

Alex D'ates

A crítica não profissional aliada a um treinador com muitas dificuldades na oratória (parecer ser pré-requisito, vide o Deivid) causou problemas sérios.
Imagino também que a CBF deveria punir o Técnico pelas palavras duras na coletiva, embora moral e retidão não estejam tão presentes por lá.
Em tempo: não vi um “roubo” ou prejuízo tão grande assim, vi apenas o óbvio: uma pelada com dois times de baixo nível (CRB e o Cec) com equipamentos e condição técnica condizente ao “show”. Sem VAR, sem os melhores árbitros e auxiliares.
Eu tenho a impressão que a bola entrou, mas por um cabelo. Suponho assim que o árbitro pôde julgar melhor que eu, visto que nenhum ângulo é venal nesta decisão. De resto, a derrota foi totalmente por falhas individuais, coletivas e uma tática equivocada.

Jose Fernando Saraiva

O treinador do Cruzeiro cometeu ontem uma falha imperdoavel ao não substituir o zagueiro Ramon imediatamente após este receber cartão amarelo, logo no inicio do jogo. Um zagueiro ou mesmo um volante não pode ficar em campo ” ämarelado” pois são os ultimos obstáculos ao ataque adversário. E aconteceu o inevitavel no lance fatal no terceiro goal do adversário: Ele, Ramon, não tinha velocidade para acompanhar o atacante numa bola lançada por sua defesa e tambem não tinha mais o recurso de segura-lo cometendo falta. Seria o segundo cartão e consequentemente cartão vermelho.
O mesmo ocorreu em jogo recente

Fernando Vaz

Ah, que isso? Elas estão descontroladas

Angelo Jose

Seu nome e seu bairro: “Maria, Olhos D’agua!……kkkkkkk

samuel macedo braga

Kkkkkk

MITAIR É INOCENTE

Pior é que falam isso, mas não tem imagem conclusiva alguma da TV que a bola entrou.
Esse time desdeo início do ano tá apitar os jogos no grito, ontem vários jogadores pediram penalti num chute que pegou na cabeça do defensor do CRB.

Rogério Jorge Amorim

O “Treinador” só se esqueceu de ver o replay. Se ele rever a jogada, verá que o lateral do Cruzeiro faz falta no Hyuri antes. Mesmo tendo o VAR confirmando que a bola entrou toda, ele veria a falta e não daria nada. Continua a choradeira de uns dos times mais beneficiados por arbitragem na história. Esse time, quando não é ajudado pelo apito amigo, se acha prejudicado tanto é o costume da ladroeira.

Teobaldo

Felipe ConceiCHORÃO! A verdade é que todos os treinadores são hipócritas, pois quando são beneficiados eles nunca expõem os erros da arbitragem.

Paulo Rodrigues

Série B não tem VAR, além do mais independente de arbitragem o CRB é muito mais time e Jean Patrick meteu um golaço, parem de chorar porque time pequeno quando cai fica.
Kkkkkkkaiu kkkkkaiu Kkkkkkkaiu kkkkkaiu Kkkkkkkaiu

romulo

Os melhores árbitros estão na série A; quem não for bom o suficiente vai apitar a série B. O cara erra exatamente por q não é bom o suficiente pra apitar a série A; por isso está apitando na segundona. Ah, e vai errar pros 2 lados; então hora será contra e hora será a favor.
Quer árbitros melhores? Simples, fique entre os 4 melhores q ano q vem terão árbitros melhores.
Os times q estão na segundona já sabem q é assim q funciona e, ao invés de ficar dando chilique nos microfones, correm atrás de lutar cada minuto dentro do campo e buscam cada ponto com garra e suor. E todos sabemos q não é isso q tem feio o micróbio azul (ou lanterna azul, como queiram…) em campo…

Enio Gouvea

projeto de técnico , se não mandar esse sujeito embora , vamos para série C . Marcelo Moreno mais 10 e Marcelo Oliveira no banco .

Cristiano Gattay

O choro de perdedor é livre Mariada série C! hihihihi

Samuel Silveira

Não vai suBBir ninguém ! (Nascimento, Capitão)

peppeu

Este cara é mais chorão que o Cuca, pqp!

webber!! Galão impiedoso.

Aquele desespero no precipicio da serie C