Blog do Victão

CBF marca final do sub-20 para o mesmo horário de jogo da Série A. Torcida do Atlético reclama

Atlético bateu o Corinthians na semifinal do Brasileiro sub-20 (Bruno Cantini / Agência Galo / Atlético)

Dono da melhor campanha da primeira fase do Campeonato Brasileiro sub-20, o Atlético passou por Palmeiras e Corinthians, nas oitavas de final e semifinal, respectivamente, e vai enfrentar o Athletico-PR na decisão da competição. As partidas decisivas estão marcadas para os dias 17 e 24, sempre às 20h, e isso desagradou a muitos torcedores do Galo.

A explicação está na tabela da Série A. No dia 24 o Atlético enfrenta o Vasco, às 20h30, em São Januário, pela rodada 32 do Brasileirão. Portanto, no mesmo horário que o Galinho estará em campo para o segundo jogo da final do Brasileiro sub-20.

Tão logo os horários das duas partidas finais foram confirmados, muitos atleticanos usaram as redes sociais e reclamarem da situação. Com os times sub-20 e principal em campo ao mesmo tempo, o torcedor terá de escolher uma das partidas ou então usar uma segunda tela para acompanhar os dois confrontos simultaneamente.

Vários atleticanos pediram ao clube e também para a CBF a alteração do horário de uma das partidas. No entanto não é algo simples, afinal os dois jogos fazem parte da grade da televisão. A decisão do sub-20 está marcada para o domingo 20h para atender a Band, que transmite a competição para todo o país. Já o jogo com o Vasco, pela Série A, está na programação do Sportv.

A finalíssima do Brasileiro sub-20 será em Curitiba, apesar de o Atlético ter a melhor campanha da primeira fase. De acordo como regulamento, os pontos das etapas seguintes seguem contando para a definição do mando de campo. O Galinho fez 38 pontos contra 37 do Athletico-PR na primeira fase.

No entanto, nos mata-matas, os mineiros empataram três vezes e venceram uma, conquistando mais seis pontos e chegando a 44, apenas para efeito de escolha do mando. Já os paranaenses chegaram 45 pontos, pois venceram duas vezes e empataram outras duas nas fases eliminatórias.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.