Blog do Victão

Cartões podem definir o campeão da Série B. Qual o mais disciplinado entre América e Chape?

América e Chapecoense têm o mesmo número de pontos (Mourão Panda/América)

América e Chapecoense definem nesta sexta-feira (29) quem será o campeão do Campeonato Brasileiro da Série B. As duas equipes estão empatadas em pontos, número de vitórias e saldo de gols. O Coelho está na frente por ter marcado duas vezes a mais. Porém, após o jogos da última rodada, o número de cartões pode definir quem leva o título.

O líder América recebe o Avaí, no Independência, às 21h30. Para se tornar o primeiro clube tricampeão da Série B, o time treinado por Lisca precisa ter o resultado igual ao da Chape, que recebe o Confiança, na Arena Condá, no mesmo horário. Se a equipe catarinense vencer por 1 a 0, por exemplo, basta ao Coelho fazer 1 a 0 no Avaí.

Já a Chape precisa de um resultado melhor do que o América. Um empate americano e o triunfo simples já o suficiente. Já em caso de derrota do Coelho, o empate é o bastante. A Chapecoense precisa vencer com um gol de saldo a mais em caso de triunfo do América. Por exemplo, o 1 a 0 mineiro obrigaria o time de Chapecó a fazer 2 a 0.

Com os dois jogos no mesmo horário e como um gol tem a capacidade de mudar tudo, a noite desta sexta promete ser bastante emocionante. E pode chegar ao ponto de o campeão ser decidido pelo número de cartões. E a vantagem também é do América.

Alertado pelo leitor Matheus Soares, existem algumas combinações que deixam os dois primeiros colocados empatados em pontos e também nos quatro primeiros critérios de desempate: número de vitórias, saldo de gols, gols marcados e confronto direto. Neste caso, a definição vai para o número de cartões recebidos por cada clube durante a competição.

Neste momento, a classificação mostra o América com 70 pontos, 19 vitórias, 19 gols de saldo e 41 gols marcados. A Chapecoense tem 70 pontos, 19 triunfos, 19 gols de saldo e 39 gols marcados. Como o confronto direto terminou empatado, vale a soma das duas partidas entre eles (0 a 0 em Chapecó e 2 a 2 em Belo Horizonte) o número de cartões vermelhos pode definir o campeão, caso o América vença por 2 a 0 e Chape por 4 a 2 .

Existem outras combinações que levariam a decisão do título para o número de cartões. É necessário que América e Chape tenham o mesmo resultado, desde que o time catarinense marque dois gols a mais. Vitória do Avaí por 1 a 0 e triunfo do Confiança por 3 a 2. Ou então empate em 1 a 1 no jogo de BH empate em 3 a 3 no no jogo de Chapecó. São alguns dos exemplos.

O América tem três expulsões na competição. Todas do técnico Lisca. Já a Chapecoense recebeu quatro vermelhos. Se o Coelho perder alguém expulso nesta sexta e a Chape não, a definição do título será pelo número de cartões amarelos, considerando as combinações possíveis. Neste cenário a vantagem também é mineira. Foram 63 advertências dos americanos contra 96 dos catarinenses.

Em caso de empate em todos os critérios, o campeão é definido por sorteio. O que nesta Série B já está descartado. A Chapecoense tem 33 cartões amarelos amais do que o América, que só pode levar para o jogo 23 atletas e seis membros da comissão técnica.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments