Blog do Victão

Atlético projeta para 2021 o pagamento de R$ 30 milhões somente com dívidas que estão na Fifa

Atlético tem de pagar mais de R$ 4 milhões por Dylan Borrero (Pedro Souza/Atlético)

O próximo presidente do Atlético será escolhido em 11 de dezembro, para o triênio 2021/2023. O vencedor da eleição, que por enquanto tem apenas um candidato confirmado, vai assumir o cargo com a missão de equilibrar as finanças do clube. Controlar as dívidas e manter uma equipe de futebol competitiva é o cenário ideal. Tarefa que pode não ser tão simples, mesmo com ajuda de investidores, como é o caso do Galo.

De acordo com o orçamento do clube para a próxima temporada, que será avaliado pelo Conselho Deliberativo no fim deste mês, a futura diretoria executiva terá de pagar R$ 30 milhões somente em dívidas que estão na Fifa.

Esse valor de R$ 30 milhões é uma projeção feita pela atual diretoria, de acordo com o andamento das ações movidas contra o Galo. Portanto, pode ser que o clube tenha de pagar mais ou até menos do que o previsto, assim como não terá de quitar tudo de uma vez.

A cobrança mais recente é do Santa Fe, da Colômbia. A equipe de Bogotá já ganhou a primeira disputa e a Fifa condenou que o Atlético pague 645 mil euros (R$ 4,15 milhões na cotação atual) pela compra do meia Dylan Borrero, como revelou o ge. O Galo tem o direito de recorrer da decisão.

Maicosuel, Douglas Santos, Lucas Pratto e Yimmi Chará são algumas das dívidas que o Atlético tem na Fifa.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Tags:
Categorias:
Notícias

All Comments