Blog do Victão

Atlético passa Cruzeiro no Ranking da CBF. América é o único mineiro que subiu de posição

Jair fez o primeiro gol na vitória do Atlético sobre o Palmeiras (Pedro Souza/Atlético)

O Atlético precisava terminar o Campeonato Brasileiro na 3ª colocação para superar o rival Cruzeiro no Ranking Nacional de Clube (RNC), elaborado pela CBF. E o Galo conseguiu. Com o triunfo por 2 a 0 sobre o Palmeiras a equipe alvinegra terminou a competição com 68 pontos, em 3º lugar.

Leia também: Ronaldinho está em nova bandeira da torcida do Atlético. Craque perdeu a mãe no fim de semana

Com o desempenho no Brasileirão o Atlético recebeu 3 mil pontos no RNC e abre a temporada 2021 com 11.789 pontos. São 21 a mais do que o Cruzeiro. As campanhas pífias da Raposa na Copa do Brasil e na Série B fizeram a equipe celeste despencar no Ranking, terminando com 11.768 pontos.

O Cruzeiro ocupava o 4º lugar no RNC de 2020 e agora está na 10ª posição. Entre os 20 primeiros colocados somente o Bahia perdeu tantas posição quanto o time estrelado, seis no total. O Tricolor baiano é apenas o 16º.

Já o Atlético, embora tenha superado o rival, perdeu duas posições. O Galo era o 7º em 2020 e agora está na 9ª posição. Internacional, São Paulo e Corinthians passaram o time alvinegro.

Entre os principais clubes de Minas Gerais o único que subiu posição foi o América. Foram 3.850 pontos conquistados por ter chegado até à semifinal da Copa do Brasil e ter conquistado o vice-campeonato da Série B. O Coelho subiu do 18º lugar para o 17º. Por disputar a Série A nesta temporada a equipe alviverde tem chances reais de aparecer no Top-15 na próxima edição.

Botafogo e Vasco estão acima do América, mas vão jogar a Série B em 2021.

RNC será divulgado após a Copa do Brasil

Embora já tenha todas as posições determinadas, o RNC será divulgado oficialmente pela CBF somente após a final da Copa do Brasil, entre Grêmio e Palmeiras. Independentemente do campeão, só haverá mudança nas pontuações dos finalistas.

O Palmeiras perdeu a liderança para o Flamengo, depois de três na ponta. O Grêmio seguirá na 3ª colocação, mesmo que seja o vencedor da Copa do Brasil.

Os critérios adotados pela CBF

O RNC leva em consideração apenas os resultados das cinco temporadas mais recentes. A edição de 2021 vai considerar o desempenho dos clubes nas Copas dos Brasil e Campeonatos Brasileiros, de todas divisões, entre 2016 e 2020. Portanto, o resultados de 2015 foram descartados neste ano.

Veja mais: Trocas de técnicos custaram mais de R$ 5 milhões ao Cruzeiro desde 2019, fora os salários

Cada fase disputada na Copa do Brasil e cada posição acima no Brasileirão valem uma determinada quantidade de pontos. Como o Ranking foi feito para valorizar o momento recente dos clubes, a pontuação é multiplicada a cada ano. De um a cinco, em contagem regressiva. Os pontos de 2020 são multiplicados por cinco, os de 2019 por quatro e assim sucessivamente. Até 2016, quando os pontos são multiplicados apenas por um.

Um exemplo: o título do Brasileirão vale 800 pontos. O Palmeiras, campeão em 2016, recebe 800 pontos pela conquista de cinco anos atrás. Já o Flamengo, atual campeão, pega 4 mil pontos pelo troféu conquistado nessa quinta-feira (25).

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments