Blog do Victão

Atlético é o único brasileiro que venceu todos os mata-matas contra argentinos na Libertadores

Camisa do Atlético com a marca da Libertadores (Pedro Souza/Atlético)

Em 1960 o San Lorenzo eliminou o Bahia, na primeira fase da primeira Copa Libertadores da história. O confronto marcou o início da rivalidade entre brasileiros e argentinos no torneio mais importante do continente. No total foram 71 mata-matas disputados entre clubes do Brasil e da Argentina. O lado de lá está em vantagem, pois são 38 classificações diante de 33 eliminações.

Mas tem um clube daqui que não sabe o que é cair num mata-mata da Libertadores diante de um rival argentino. É o Atlético, que depois de eliminar o Boca Juniors e o River Plate numa mesma edição da Copa, chegou a quatro classificações em quatro encontros contra os clubes do país vizinho.

Mas não é do Atlético o posto de clube brasileiro que mais vezes eliminou hermanos na Libertadores. O São Paulo, com seis classificações puxa a fila, seguido por Grêmio (5) e Galo (4) e Palmeiras (4).

Veja abaixo o histórico entre brasileiros e argentinos em mata-matas da Copa Libertadores

ClubeConfrontosVitóriasDerrotasAproveitamento
Atlético44 – Newell´s Old Boys (2013), Racing (2016), Boca Juniors (2021) e River Plate (2021)100%
São Paulo96 – Newell’s Old Boy (1992), Newell’s Old Boys (1993), Rosário Central (2004), River Plate (2005), Estudiantes (2006) e Racing (2021)3 – Independiente (1974), Vélez Sarsfield (1994) e Talleres (2019)66%
Vasco32 – River Plate (1998) e Lanús (2012)1 – Boca Juniors (2011)66%
Internacional32 – Banfield (2010) e Estudiantes (2010)1 – Boca Juniors (2020)66%
Santos74 – Boca Juniors (1963), Vélez Sarsfield (2012), Boca Juniors (2020) e San Lorenzo (2021)3 – Independiente (1964), Boca Juniors (2003) e Independiente (2018) 57%
Grêmio105 – River Plate (2002), Godoy Cruz (2017), Lanús (2017), Estudiantes (2018) e Atlético Tucumán (2018)5 – Independiente (1984), Boca Juniors (2007), San Lorenzo (2014), Rosário Central (2016) e River Plate (2018)50%
Palmeiras84 – Independiente (1961), River Plate (1999), Godoy Cruz (2019) e River Plate (2020)4 – Estudiantes (1968), Boca Juniors (2000), Boca Juniors (2001) e Boca Juniors (2018)50%
Flamengo42 – River Plate (2019) e Defensa Y Justicia (2021)2 – Boca Juniors (1991) e Racing (2020)50%
Fluminense21 – Boca Juniors (2008)1 – Boca Juniors (2012)50%
Corinthians 62 – Rosário Central (2000) e Boca Juniors (2012)4 – Boca Juniors (1991), River Plate (2003), River Plate (2006) e Boca Juniors (2013)33%
Cruzeiro81 – River Plate (1976)7 – Boca Juniors (1997), Boca Juniors (2008), Estudiantes (2009), San Lorenzo (2014), River Plate (2015), Boca Juniors (2018) e River Plate (2019)12%
Athletico-PR 22 – Boca Juniors (2019) e River Plate (2020)0%
Bahia11 – San Lorenzo (1960)0%
Guarani 11 – San Lorenzo (1988)0%
Paysandu11 – Boca Juniors (2003)0%
São Caetano11 – Boca Juniors (2004)0%
Goiás11 – Estudiantes (2006)0%

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

All Comments

Subscribe
Notify of
guest
4 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Rato666

Grandes merda

GUSTAVO

Conclusão: o time que se entitula “La Bostia Negra” é na verdade o “Fregueson Azul”. Farsantes. Até nisto tentam enganar seus simpatizantes e o outros…kkkkk

clrosfer

que rapaz que freguesia azul…los hermanos tem um cliente que sempre volta…

Nuno

Boca Juniors 1977 e não 1997