Blog do Victão

Ariel Cabral não vai seguir no Goiás. Volante volta ao Cruzeiro e tem contrato até dezembro de 2021

Ariel Cabral é caro demais para o Goiás na Série B (Divulgação/Goiás)

Rebaixado à Série B do Campeonato Brasileiro nesse domingo (21), o Goiás já trabalha visando a próxima temporada. E como parte do processo a equipe esmeraldina avisou para alguns jogadores que eles não vão seguir no clube para a disputa da Segunda Divisão. Entre eles está o volante Ariel Cabral. O volante de 33 anos está emprestado ao Goiás até o fim do Brasileirão, mas a equipe alviverde não tem interesse na renovação.

Leia também: Cruzeiro oferece Marcelo Moreno no mercado. Clube assumiu salário de forma integral em 2021

A decisão do Goiás é financeira. Com a queda no Brasileirão, a equipe vai ter uma grande perda de receita, especialmente com a redução na cota de televisão. Com o faturamento menor, a equipe esmeraldina não tem condições de manter jogadores como Ariel Cabral, Rafael Moura e Fernandão.

Mais um problema para o diretor de futebol da Raposa, André Mazzuco, resolver. Afinal de contas o jogador argentino tem um dos maiores salários entre os atletas vinculados ao Cruzeiro e seu contrato vai até dezembro deste ano. Inicialmente, Ariel Cabral também não faz parte dos planos do técnico Felipe Conceição.

O salário de Ariel Cabral está acima dos R$ 150 mil mensais estipulado como teto pelo antigo conselho gestor celeste. A diferença do valor será paga ao jogador em 20 parcelas, a partir de abril deste ano, quando, na teoria, ele também voltaria a receber o valor integral do ordenado.

No entanto, como o Cruzeiro não subiu e segue na Série B, o clube terá de renegociar com o atleta, pois dificilmente vai conseguir honrar o que foi acertado no ano ano passado.

Veja mais: Cruzeiro e Mineirão negociam para clube jogar toda a temporada 2021 no Gigante da Pampulha

O desafio de Mazzuco é conseguir um novo clube para Cabral, que mesmo durante a estadia em Goiânia teve parte do salários pagos pelo Cruzeiro. Para aliviar a folha de pagamentos, a Raposa não descarta seguir responsável por parte dos vencimentos do atleta caso ele seja emprestado novamente.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

All Comments

Subscribe
Notify of
guest
4 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
CORRADI

Coloque ele para lavar pratos no refeitório

Teobaldo

Dedé, Cabral… oxalá ninguém do meu Galão esteja lendo essas notícias…

MITAIR É INOCENTE

Vai ter que entrar na fila pra receber junto com Fred, Dodô, Dedé, Edílson, Robinho e tantos outros.

Dizem que o Galo gastou 200 milhões pra ficar em 4o. Já o Cruzeiro deve isso pros jogadores que rebaixaram o time

Alex D'ates

Cruzeiro tem que agradecer a Deus pelo Enderson ter tido coragem de querer o Ariel no Goiás, diminuindo parte do prejuízo.
Lembrando que era um jogador que ninguém queria em BH, que ficou dois meses na Argentina tentando cavar um clube e não fechou com nenhum clube.
Isso apenas demonstra a falta de capacidade dos diretores de futebol e cartolas de clubes.
Um “técnico” que chegasse e apresentasse como oportunidade a contratação de uma “bomba” destas tinha que ser demitido por justa causa. Na hora.