Blog do Victão

Arena MRV divulga perfil dos compradores das cadeiras e dos camarotes: 94% são homens

Estágio atual da Arena MRV, que segue com previsão de inauguração para outubro de 2022 (Divulgação/Atlético)

A Arena MRV divulgou na manhã desta quarta-feira um perfil dos compradores das cadeiras e dos camarotes do futuro estádio do Atlético. O levantamento foi feito através da própria plataforma de vendas e o número que mais chamou a atenção foi a diferença entre homens e mulheres: 94% dos compradores são homens, as mulheres são responsáveis por 4% e 2% foram empresas.

Outro número que se destaca é a faixa etária dos compradores. Pouco mais da metade (51%) têm entre 36 e 50 anos, sendo que o comprador mais velho tem 86 anos e o mais novo apenas dois.

A grande maioria dos compradores é de Belo Horizonte, com 74% das cadeiras e camarotes. O restante está dividido entre a Região Metropolitana, outros estados e até mesmo de outros países, como Inglaterra, Suíça e Estados Unidos. E a opção mais comum na hora do pagamento foi o cartão de crédito, escolhido em 68% das compras. Entre os financiadores do futuro estádio do Atlético, 28% pagaram à vista e 72% parcelaram o valor.

A venda do primeiro lote de cadeiras se encerrou no fim de maio. A Arena MRV vai lançar um novo lote em breve, mas ainda não revelou detalhes, como preços e condições de pagamento.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Categorias:
Notícias

All Comments

Subscribe
Notify of
guest
4 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Teobaldo

Atleticanismos à parte (eu sou Atleticano), espero que o clube cumpra o que prometeu e que os compradores recebam o que compraram. E se essas hipóteses não se confirmarem, que a justiça seja célere e implacável. Em complemento, observando o que está concluído, o que falta fazer, as condicionantes ambientais, as contra-partidas impostas pelo Poder Público (principalmente aquelas exigidas para o sistema viário) e comparando com o que foi vendido até o momento somado ao valor arrecadado com a venda do shopping, vejo com pessimismo o final dessa história. Torna-se fundamental que o Atlético viabilize o restante das vendas das cadeiras ou, então, que venda o restante do shopping par viabilizar a conclusão da obra. Por fim, desejo boa sorte àqueles que acreditaram na empreitada.

#RumandoserieC

Sabe de nada inocente…

Thiago Viana

ai eu te pergunto. O que interessa se e homem ou mulher que esta comprando??? Pouco me importa,

Theo

Se pouco te importa para que clicou na notícia?